MUNDO: Melhores lugares do mundo para conhecer no inverno

10 melhores lugares do mundo para conhecer no inverno

Pensar no inverno geralmente não agrada muito. Claro que os dias quentes e ensolarados de verão são maravilhosos, mas só porque no inverno os dias são curtos, as noites mais escuras e as temperaturas mais baixas, não significa que os meses frios não possam ser incríveis! Fizemos uma lista com os 10 melhores lugares do mundo para conhecer no inverno para provar isso.

1. Nova York, EUA Algumas pessoas argumentam que Nova York fica bem melhor quando a temperatura cai. O espírito festivo fica muito evidente quando as pistas de patinação no gelo estão abertas. Embora isso já seja ótimo, como não achar mágica a vista do Empire State Building quando a cidade está coberta de neve? Além disso, o inverno é baixa-temporada na Big Apple (exceto as semanas de Natal). Felizmente, nessa estação, as calçadas, as lojas e as atrações estão livres das multidões de turistas. É sem dúvida uma época jamais vista em Nova York! Confira passeios e atrações em Nova York e intercâmbio em Nova York.

2. Berlim, Alemanha Com incontáveis mercados natalinos cheios de barracas vendendo canecas fumegantes de vinho quente, delícias como as casinhas feitas de gingerbread e o cheiro das salsichas alemãs impregnando o ar, fazer comprinhas de inverno em Berlim sempre será uma ótima ideia. Mas, mesmo depois de dezembro, a capital alemã continua arrebentando na temporada de inverno. Quando neva, o Tiergarten parque se transforma num mágico país das maravilhas. Na verdade, são organizadas brincadeiras com bolas de neves em todos os parques de Berlim com música ao vivo e show com DJs.

3. Londres, Reino Unido Não há nada mais britânico do que passear pelo Hyde Park com as gramas cobertas de gelo e aquele ar quente saindo da sua boca. Cheia de vistas icônicas e lojas estilosas, Londres é extraordinária durante o ano todo ano. No inverno, a névoa de âmbar suave, que sai dos aconchegantes cafés, dos pubs e pequenos restaurantes, chega às ruas e em todos os cantos se misturando com as pessoas que passeiam agasalhadas com grossos cachecóis de lã até o fim da temporada. Saiba mais sobre passeios e atrações em Londres.

4. Sydney, Austrália Se você ama o calor, evite o frio dos trópicos e vá para Austrália passar uma temporada em Sydney – cidade com temperatura média de 27 graus Celsius. Você pode ainda manter seu bronzeado aprendendo a se tornar um surfista profissional ou fazendo turismo. Qual a melhor parte? Esqueça o casaco, mas lembre-se de levar os chinelos.

5. Dublin, Irlanda Vamos combinar: a Irlanda nunca terá uma reputação de um país com clima ameno e de sol abrasador. Porém, o inverno não é páreo para o contagiante espírito irlandês. Em Dublin, a temperatura gelada há muito tempo vem contrariando a ideia de que o frio é ruim. Os irlandeses, muito acostumados a isso, reúnem-se nas confortáveis tabernas e pubs e se enfileiram pelas ruas para tomarem cervejas e ouvirem boas música ao vivo. Um cantor irlandês, uma guitarra e uma multidão amigável com certeza afastam qualquer frio. Considere também fazer um intercâmbio em Dublin.

6. San Diego, EUA Os visitantes de San Diego adoram passar o Natal cercados de surfe, pranchas ou golfe. É muito mais fácil encontrar o que fazer nas praias douradas da ensolarada San Diego e curtir o seu clima jovem e praiano, mesmo no inverno.

7. Chamonix-Monte-Branco, França Para muitos, o inverno está para esquiar assim como o pão para a manteiga. Sejamos honestos: a melhor parte sobre a chuva gelada que cai do céu é deslizar em boa companhia nas montanhas cobertas de neve e, depois, ser recompensado com uma caneca de chocolate quente. Esse cenário é definitivamente deslumbrante! Boa sorte e aproveite as vistas panorâmicas dos Alpes franceses! Mesmo quando seus pés estiverem firmes no chão, Chamonix vai fazer você clicar sua câmera muitas vezes.

8. Praga, República Tcheca Não esqueça seu casaco, pois Praga não é conhecida como uma cidade de temperaturas amenas nos meses de inverno. Porém, é definitivamente famosa por seu charme e celebrações. O impressionante horizonte e a carismática arquitetura barroca da Cidade dos Mil Espirais são encantadores. Em dezembro, a cidade é cheia de festivais e mercados natalinos que se enfileiram pelas ruas em dezembro. Na Véspera de Ano Novo, o céu se irrompe com fogos de artifícios e, durante fevereiro e março, os tchecos dizem adeus ao inverno com um “Carnaval da Bohemia” e máscaras coloridas.

9. Reykjavik, Islândia Você vai precisar colocar nas malas mais do que seu casaco desta vez – estou falando das luvas, das blusas de lã que sua avó tricotou, das meias grossas que algum dia você jurou nunca usá-las, mas que você as ama simplesmente porque são muito quentinhas. E o seu maiô também. Surpreso? Não, isso não está errado, porque uma vez que você estiver todo agasalhado para explorar as paisagens vulcânicas insanamente deslumbrantes, os gêiseres em erupção e as vastas geleiras da Islândia, você vai querer dar um mergulho nas piscinas geotérmicas naturalmente aquecidas da ilha. Isso tudo, claro, antes de você assistir o maior show de luz da terra – a aurora boreal.

10. Havana, Cuba Explore Havana com suas pitorescas ruas pavimentadas cheias de carros clássicos antigos, entre em um restaurante de frutos do mar nas praias cheias de palmeiras e dance salsa a noite toda em uma pista de dança local. Troque o esqui pelo mergulho na costa de Cuba para explorar o colorido mundo submarino e a vibrante barreira de corais que há no mar


Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade